Norwegian devolve 787 Dreamliner após problemas

A Norwegian Air Shuttle se tornou neste sábado a mais recente companhia aérea a interromper operações com o Boeing 787 Dreamliner para que autoridades da empresa norte-americana pudessem investigar o que parecem ser problemas técnicos.

AE, Agência Estado

28 Setembro 2013 | 12h29

O porta-voz da companhia aérea norueguesa, Lasse Sandaker-Nielsen, disse neste sábado que o avião "não tem sido confiável o suficiente e que os passageiros têm sido sujeitos a muitos atrasos". Ele se recusou, porém, a identificar os problemas técnicos ocorridos.

Enquanto isso, a companhia vai alugar um Airbus A340 para realizar seus voos de maiores distâncias entre Estocolmo, na Suécia, Nova York e Bangcoc. A Norwegian Air Shuttle encomendou dois Dreamliners para a Boeing, mas recebeu somente dois.

O Dreamliner tem enfrentado diversas dificuldades desde o início de sua operação, especialmente com suas baterias, fazendo com que toda a frota ficasse em solo por cerca de quatro meses mais cedo neste ano. Esses problemas, porém, não parecem ter afetado a Boeing, que informou este mês ter recebido 89 novas encomendas pelo avião desde o começo de 2013. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
NoruegaBoeingDreamliner

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.