Nos EUA, 60% aprovam Bush; 49% votariam nele

Pesquisa CNN/USA Today/Gallup indica que 60% dos norte-americanos apóiam a maneira como o presidente George W. Bush está lidando com a questão do Iraque. A pesquisa foi feita entre sexta-feira e domingo, depois de tropas dos EUA matarem os dois filhos do ex-presidente iraquiano, Saddam Hussein. Em pesquisa feita uma semana antes, apenas 57% apoiavam a política de Bush para o Iraque. No levantamento feito no último fim de semana, 68% dos entrevistados disseram ter confiança de que Saddam será capturado ou morto; uma semana antes, apenas 48% manifestavam essa opinião. O número de entrevistados para quem a guerra no Iraque valeu a pena ficou inalterado, em 63%. O número de entrevistados para quem os ataques contra as tropas norte-americanas no Iraque podem ser detidos caiu de 55% para 51%. Cerca de um terço dos entrevistados disse que os EUA devem retirar suas tropas, caso o número de baixas norte-americanas suba demais. Caso a eleição presidencial prevista para 2004 se realizasse agora, Bush venceria um candidato do Partido Democrata (não identificado na pesquisa) por 49% a 40%, segundo a pesquisa feita no último fim de semana. Na pesquisa feita uma semana antes, Bush venceria por 46% a 42%. A pesquisa ouviu 1.006 adultos e tem uma margem de erro de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos; a questão sobre a eleição tem margem de erro de 4 pontos porcentuais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.