Nos EUA, comissão aprova Petraeus para o Afeganistão

Apesar das duras perguntas de senadores republicanos, o general David Petraeus teve seu nome referendado na Comissão de Serviços Armados do Congresso dos Estados Unidos. A decisão abre caminho para sua aprovação no Senado como novo comandante das forças norte-americanas no Afeganistão, substituindo o general Stanley McChrystal, afastado do cargo depois de criticar o presidente Barack Obama e outros integrantes do governo em reportagem da revista Rolling Stone.

AE, Agência Estado

30 de junho de 2010 | 07h56

No depoimento, Petraeus, respeitado tanto por democratas quanto por republicanos por seu desempenho no Iraque, disse que os EUA devem continuar com a atual estratégia de evitar baixas civis, buscando atrair a população afegã para o lado do governo e dos norte-americanos na luta contra o Taleban e a Al-Qaeda.

O general também afirmou ser necessário dar mais garantias para a segurança dos militares norte-americanos. Os republicanos pressionaram Petraeus na questão da data para o início da retirada das tropas dos EUA do Afeganistão, prevista para julho de 2011. Na avaliação do Partido Republicano, esta decisão prejudicou a atuação dos militares no país. Além disso, temendo a saída dos norte-americanos, o presidente afegão, Hamid Karzai, já deu sinais de que pode se aliar a outras forças depois de os EUA se retirarem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
EUACongressoPetraeusAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.