Nós temos o poder de mudar, diz Biden

O senador Joe Biden subiu ao palco do Pepsi Center esta noite para dizer que aceita a indicação do Partido Democrata para ser candidato a vice-presidente na chapa de Barack Obama. "Nós temos o poder de mudar e mudança é exatamente o que Obama fará na presidência", afirmou. "Eu estou pronto, Barack Obama está pronto, nós estamos prontos. A hora é agora. Deus abençoe a América", discursou efusivamente, sendo aclamado fortemente pela audiência, que aplaudia de pé.Sobre os problemas econômicos enfrentados pelos EUA, Biden foi enfático ao responsabilizar o governo atual. "Esta é a América que George W.Bush nos deixou e esta é a América que teremos se John McCain for eleito presidente", disse, acrescentando que, no Senado, McCain votou a favor de Bush em 95% das vezes.No plano internacional, Biden prometeu que ele e Obama irão trabalhar para resolver o conflito no Cáucaso entre Rússia e Geórgia. Sobre o terrorismo, lembrou que a rede Al-Qaeda se reorganizou na região entre Afeganistão e Paquistão, e afirmou que é lá que os esforços de combate devem ser concentrados. "McCain acredita que a campanha no Afeganistão é um sucesso, mas está errado", disse.

AE-AP, Agencia Estado

28 de agosto de 2008 | 00h05

Tudo o que sabemos sobre:
EUADEMOCRATASBIDEN

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.