Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Nova diplomacia japonesa deve ser orientada para a Ásia

O recém-eleito primeiro-ministro japonês Yukio Hatoyama vai anunciar amanhã o atual secretário-geral do Partido Democrático do Japão, Katsuya Okada, para o cargo de ministro das Relações Exteriores. A expectativa é de que Okada tenha práticas diplomáticas mais orientadas para a Ásia que seus antecessores do Partido Liberal Democrata, que governaram o Japão nos últimos cinquenta anos até perderem a eleição no último dia 30 de agosto, nas eleições legislativas.

AE-AP, Agencia Estado

06 de setembro de 2009 | 11h31

Segundo Okada, o Japão continuará a ver os Estados Unidos como seu mais importante aliado mas não será mais tão subserviente como no passado. "É como se o Japão não tivesse diplomacia ou suas próprias opiniões", disse ele. Okada disse também que quer um novo arranjo para os mais de 50 mil militares norte-americanos que estão locados na ilha japonesa de Okinawa. Ele descreveu esta situação como uma "herança da ocupação americana no final da Segunda Guerra Mundial".

Tudo o que sabemos sobre:
diplomaciaJapãoHatoyama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.