Nova diretoria assume TV independente russa

A gigante Gazprom assumiu hoje o controle da única rede nacional de televisão russa, a NTV, demitindo os jornalistas que resistiram ao controle e contratando novos funcionários. Os mais importantes jornalistas da emissora passaram a transmitir o noticiário no pequeno canal TNT e denunciaram a operação como um ?golpe?. A NTV era a única emissora russa que não controlada pelo governo e passou ao controle da Gazprom na madrugada de hoje, quando foi realizada a troca da segurança.O governo russo tem uma participação de 38,4% na Gazprom, cujo principal executivo é um membro do Kremlin e aliado do presidente Vladimir Putin. Muitos liberais, incluindo legisladores e intelectuais, afirmam que o controle da Gazprom sobre a NTV foi orquestrado pelo Kremlin para silenciar o canal, que tem criticado a atuação do governo em relação à guerra na Chechênia, aos casos de corrupção e à queda do padrão de vida da população.Em um programa, esta manhã, no canal Ekho Moskvy, o comentarista da NTV Andrei Cherkizov chamou Putin de ?Pôncio Pilatos? e afirmou que os novos controladores da emissora são ?bandidos?. A Gazprom, por meio de uma subsidiária do setor de comunicações, adquiriu o controle acionário da NTV em 3 de abril. A NTV era uma das empresas do magnata russo Vladimir Gusinky, que fugiu para a Espanha com o objetivo de evitar acusações de fraudes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.