Nova face da jihad coloca europeus em alerta

Na mesma manhã de terça-feira em que uma carta assinada pela Frente Revolucionária Afegã (FRA) chegou à Agência France Presse fazendo ameaças contra uma loja de departamentos de Paris, agentes dos serviços secretos desmembraram a conexão na França de mais uma suposta célula jihadista na Europa.Em razão de prisões recentes e dos alertas em vídeos feitos por líderes da Al-Qaeda, especialistas em contraterrorismo acreditam que uma nova geração de fanáticos, nascida na União Européia (UE) e treinada no Paquistão e na África, esteja pronta para perpetrar ataques suicidas.O atual risco de atentados em Paris é o segundo mais elevado na escala do sistema de monitoramento de risco do governo francês. Nas principais cidades da França, a vigilância foi reforçada com 400 policiais e 200 militares após a terça-feira. Neste dia, a FRA, uma organização até agora desconhecida, anunciou ter instalado cinco cargas de dinamite num banheiro da loja de departamentos Printemps. A seriedade dessa ameaça e sua origem islâmica são pontos que estão sendo investigados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.