Nova York intensifica segurança depois de atentado na Índia

As autoridades da cidade de Nova York ampliaram as medidas de segurança em seu sistema de transporte após os atentados contra os trens na cidade indiana de Mumbai. O Departamento de Polícia de Nova York informou que irá aumentar o número de revistas e de policiais nas estações de metrô durante a noite desta terça-feira.Centenas de agentes foram enviados para patrulhar o metrô e fazer vistorias em bolsas e pacotes. As 468 estações de metrô de Nova York recebem diariamente uma média de 4,5 milhões de passageiros. O Departamento de Transporte Metropolitano também anunciou que irá intensificar a segurança em linhas de trem, túneis e pontes. A polícia de Nova York disse que as medidas eram de precaução e não existiam ameaças concretas contra o sistema de transporte da cidade. No entanto, informações divulgadas na semana passada indicaram que a polícia desarticulou um complô para lançar um ataque suicida contra o sistema de trens que une Manhattan e New Jersey por túneis sob o Rio Hudson."Entendemos um ataque terrorista em qualquer lugar do mundo, especialmente contra o sistema de transporte público, como um sério aviso", disse o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg Said.As oito explosões que atingiram o sistema ferroviário de Mumbai, a capital financeira da Índia, no horário de rush desta terça-feira, deixaram o cerca de 150 mortos e 439 feridos.A cidade de Nova York começou a realizar revistas em bolsas e pacotes aleatoriamente depois dos atentados contra o sistema de transporte de Londres, há um ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.