Nova York pode ter racionamento de água

O prefeito de Nova York declarou hoje o estado de emergência hídrica diante da seca que acomete a cidade, obrigando os nova-iorquinos a controlar o consumo de água para evitar medidas mais drásticas.Trata-se da pior situação da reserva hídrica nos últimos 70 anos, provocada pela falta d´água registrada na região nordeste do país.A emergência decretada afeta 8 milhões de residentes da "Big Apple", e 1 milhão de pessoas de áreas próximas, que usam a mesma reserva de água potável. As reservas, que neste período do ano são de 92,5% da capacidade, baixaram para 52%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.