Nove crianças morrem durante travessia para a Espanha

Pelo menos 15 imigrantes africanos, entre eles nove crianças, morreram de fome e de sede depois de terem ficado à deriva em um pequeno bote cheio de pessoas que tentavam chegar à Espanha. Um barco da guarda costeira espanhola encontrou ontem à noite a embarcação à deriva e resgatou 33 pessoas, entre elas 13 mulheres e um bebê. Havia uma pessoa morta dentro do bote. Alguns sobreviventes estavam tão fracos que não conseguiam ficar em pé.De acordo com relatos dos imigrantes às autoridades espanholas, as nove crianças que não resistiram à travessia tinha entre um e quatro anos de idade e os corpos foram lançados ao mar, disse Antonio Hermosa, porta-voz da Cruz Vermelha.Trata-se da segunda tragédia ocorrida esta semana com imigrantes africanos que arriscam a vida na tentativa de chegar à Europa em busca de emprego e de melhores condições de vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.