Novembro foi o pior mês para militares dos EUA desde 91

Setenta e sete militares americanos morreram em novembro no Iraque, comparados com 73 mortos nos dois meses anteriores. Incluindo seis soldados mortos no Afeganistão, este foi o mês mais letal para as Forças Armadas dos EUA desde fevereiro de 1991, quando 162 soldados perderam a vida, no clímax da primeira guerra contra Saddam Hussein.Quedas de helicóptero nos dias dois, sete e 15 mataram um total de 39 soldados. Antes de novembro, a resistência iraquiana não vinha conseguindo sucesso em suas tentativas de abater aeronaves.Desde o início da guerra, em 20 de março, 438 militares dos EUA morreram. Do total, 299 foram vitimados por ações hostis. Os demais morreram por conta de doenças, suicídio ou outras causas. No Afeganistão, 97 soldados dos EUA morreram desde o início da guerra contra o Taleban, em outubro de 2001.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.