Novo ataque deixa 13 mortos e 52 feridos no Paquistão

Policiais e soldados estão entre os mortos; explosivos foram detonados perto de posto de segurança

Agência Estado,

13 de março de 2010 | 08h58

Responsabilidade pelo ataque não assumida por nenhum grupo. Foto: Sohail Kahn/Reuters

 

SAIDU SHARIF - Um bomba foi detonada junto a um posto de segurança na pequena cidade de Saidu Sharif, no noroeste do Paquistão, por um suicida que dirigia um riquixá motorizado. Segundo autoridades locais, o ataque deixou 13 mortos e 52 feridos.

 

Nenhum grupo assumiu a autoria dos atentados, mas a suspeita é de que teriam sido lançados por insurgentes islâmicos que há anos se opõem ao governo paquistanês por sua aliança com os EUA na região. Entre os mortos do atentado deste sábado estavam dois soldados e dois policiais.

 

Menos de 24 horas antes do atentado, duas explosões quase simultâneas causaram a morte de 55 pessoas em Lahore, cidade no leste do Paquistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.