Novo Banco terá novo presidente do conselho

O Fundo de Resolução e o Banco de Portugal convidaram Eduardo Stock da Cunha para assumir a presidência do conselho de administração do Novo Banco, segundo um comunicado da autoridade monetária divulgado neste domingo que aborda a nova administração do Novo Banco - a instituição que ficou com os ativos saudáveis do Banco Espírito Santo.

Estadão Conteúdo

14 de setembro de 2014 | 15h33

"Eduardo Stock da Cunha tem uma longa experiência de sucesso no setor financeiro, tanto nacional como internacional. Atualmente, desempenhava funções de diretor no Lloyds Banking Group (LBG), em Londres, depois de ter trabalhado vinte anos como administrador no Grupo Santander Totta e mais tarde no Sovereign Bank / Santander Bank N.A. nos Estados Unidos", diz o comunicado do Banco de Portugal.

O documento diz ainda que o novo conselho será composto por Jorge Freire Cardoso, como administrador responsável pela área financeira, Vítor Fernandes e José João Guilherme.

"Jorge Freire Cardoso, até aqui administrador da Caixa Geral de Depósitos (CGD), tem uma carreira distinta na área da banca de investimento, tendo sido anteriormente presidente da comissão executiva do Caixa - Banco de Investimento. Vítor Fernandes foi administrador do Banco Comercial Português, da Caixa Geral de Depósitos e CEO da Seguradora Mundial Confiança", relata o comunicado.

Ainda de acordo com a autoridade monetária, José João Guilherme, já atuou como administrador do Banco Comercial Português e CEO do BIM (Banco Internacional de Moçambique) e atualmente dedica-se à administração de empresas não financeiras.

Segundo o Banco de Portugal, a equipe de gestão nova assumirá suas funções nos próximos dias, após os procedimentos necessários. (Karin Sato)

Mais conteúdo sobre:
Novo BancoBanco Espírito Santo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.