Peter Graff/Reuters
Peter Graff/Reuters

Novo chefe da missão da ONU no Afeganistão chega ao país

Sueco Staffan de Mistura substitui norueguês Kai Eide e tem o desafio de organizar eleições parlamentares

Efe,

13 de março de 2010 | 12h52

O diplomata sueco Staffan de Mistura, novo chefe da missão da ONU no Afeganistão, chegou a Cabul nesta sábado, 13, e prometeu cumprir sua missão respeitando as tradições e soberania do país.

 

"Os afegãos sofreram muito e passaram por momentos muito difíceis. Eles merecem o apoio internacional e, principalmente, um futuro melhor. A ONU cumprirá seu papel neste objetivo", ressaltou De Mistura, que substitui o norueguês Kai Eide.

 

O novo enviado do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, para o Afeganistão, quinto chefe da missão desde sua criação, em 2002, já ocupou o mesmo cargo na representação das Nações Unidas no Iraque entre 2007 e 2009. De Mistura também tem experiência no Afeganistão como diretor de relações externas e fundos

VEJA TAMBÉM:
especial Especial: 30 anos de violência
do Escritório do Coordenador da ONU para o país entre 1989 e 1991, nos anos que seguiram a retirada soviética.

 

"Trabalhei no Afeganistão há 20 anos, em outro período de transição muito delicado. Aprendi e conheço as tradições e a cultura", destacou hoje De Mistura, segundo comunicado divulgado por seu escritório. Entre as tarefas do diplomata estão organizar as eleições parlamentares, previstas para setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
EideDe MisturaAfeganistãoONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.