Novo confronto no Líbano deixa um morto e 9 feridos

Grupos a favor e contra o regime sírio entraram em choque neste sábado no noroeste do Líbano, matando pelo menos uma pessoa e ferindo outras nove, informaram as forças oficiais, após ativistas terem informado sobre novo combate em uma região central da Síria.

AE, Agência Estado

02 de junho de 2012 | 12h17

Os confrontos na cidade portuária de Trípoli começaram logo após a meia noite de sexta-feira e se estenderam pelo sábado, informaram as autoridades, em condição de anonimato. A cisão é entre os muçulmanos Sunni que dão apoio aos rebeldes sírios na tentativa de derrubar o presidente Bashar Assad e membros da seita Alawite, ramo do xiitas islâmicos.

Na Síria, os ativistas disseram que as tropas do governo abriram fogo contra abrigos em Houla, um grupo de vilas de agricultores na província central de Homs, onde as Nações Unidas disseram que pelo menos 108 pessoas foram mortas em 25 de maio, incluindo 49 crianças. A oposição e o governo trocaram acusações mútuas em relação ao massacre. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaBashar Assadmassacreconfrontos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.