AP
AP

Novo embaixador do Irã para questão nuclear promete cooperar com a ONU

Diplomata pretende superar questões existentes em impasse com Ocidente 'de uma vez por todas'

O Estado de S. Paulo,

12 Setembro 2013 | 11h44

TEERÃ - O novo representante do Irã na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Reza Najafi, disse nesta quinta-feira,12, que o país vai cooperar com a agência nuclear da ONU para "superar questões existentes de uma vez por todas". "Estamos esperando trabalhar em estreita colaboração com o diretor-geral (da AIEA, Yukiya Amano) e sua equipe nos próximos dias", disse Najafi em declaração à diretoria da agência da ONU, em Viena.

Diplomatas ocidentais saudaram a declaração, que foi vista como uma mudança de tom, mas alertaram que ainda esperam para ver se haverá mudança de fato no comportamento do Irã após a eleição do presidente Hassan Rohani, que substituiu o conservador Mahmoud Ahmadinejad.

O embaixador , em sua primeira reunião de diretoria da AIEA,  reiterou, no entanto, a posição iraniana de não abrir mão do direito a um programa pacífico de energia nuclear. O Irã está travado em um impasse com potências do Ocidente sobre seu programa nuclear, que países ocidentais suspeitam ter como objetivo obter armas nucleares. Teerã nega.

Rohani disse na terça-feira que o tempo para resolver a disputa nuclear do Irã com o Ocidente era limitado, e pediu ao mundo para aproveitar a oportunidade da sua eleição.

Ele disse que iria reunir-se com os ministros das Relações Exteriores de algumas das seis potências que negociam o impasse nuclear - Rússia, China, França, Grã-Bretanha, Estados Unidos e Alemanha - quando comparecer à Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, este mês. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.