Novo escândalo sexual envolve Berlusconi

Uma jovem marroquina de 17 anos declarou que manteve relações sexuais com o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi. A menor disse a investigadores que visitou a casa de Berlusconi em Arcore, nos arredores de Milão, diversas vezes na companhia de outros jovens. De acordo com a imprensa italiana, ela disse que as relações ocorriam com o seu consentimento e, em troca, Berlusconi lhe dava presentes. O advogado do primeiro-ministro considera as declarações da jovem infundadas. O caso continua sendo investigado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.