Novo governo da Tailândia é aprovado pelo rei

O novo governo da Tailândia foi aprovado hoje pelo rei Bhumibol Adulyadej. Algumas posições-chave do gabinete devem ficar nas mãos de pessoas ligadas ao primeiro-ministro deposto Thaksin Shinawatra, algo que pode dificultar o fim da crise política nacional. A nova lista de ministros, anunciada em rede nacional de televisão pouco após a aprovação real, é liderada pelo primeiro-ministro Somchai Wongsawat, que também será o ministro da Defesa.Somchai, de 61 anos, é cunhado de Thaksin, deposto em 2006 em um golpe militar. Somchai substitui Samak Sundaravej, afastado do cargo há duas semanas por apresentar um programa de culinária enquanto estava no poder. Os principais ministérios - Defesa, Interior, Finanças e Relações Exteriores - ficaram nas mãos de partidários de Thaksin.Para analistas, essa configuração é incapaz de resolver o problema de instabilidade do país. "O gabinete não deve inspirar confiança ou prolongar a vida do governo, em meio aos desafios políticos e econômicos", disse Panithan Wattanayagorn, cientista político da Universidade Chulalongkorn, em Bangcoc. "Muitos são escolhidos para satisfazer os partidos da coalizão, e não por suas qualificações."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.