´Novo líder da Al-Qaeda´ estaria preso há anos

Um advogado no Cairo disse que o egípcio que os Estados Unidos afirmam ser o novo líder da Al-Qaeda no Iraque está preso no Egito há sete anos. Após a morte de Abu Musab al-Zarqawi no mês passado, o exército americano divulgou uma foto de Ayyub al-Masri, apontando-o como a pessoa que provavelmente ficaria responsável pela Al-Qaeda no Iraque.O advogado egípcio Mamdouh Ismail, que representou egípcios por muitos anos, disse que se encontrou com al-Masri há alguns dias numa prisão no Cairo.Segundo ele, as aparentes contradições nas informações sobre o sucessor de Abu Musab al-Zarqawi no Iraque podem fazer parte de uma campanha de desinformação de ambos os lados. Porém, a comprovação independente dos dados não foi possível.MistérioEsta é uma história obscura, assim como grande parte das informações a respeito de operações antiterror e do trabalho dos serviços de inteligência pelo mundo.Após a morte de Zarqawi no mês passado, o major-general William Caldwell, porta-voz do exército americano no Iraque, divulgou uma foto de Ayyub al-Masri e disse que ele seria "provavelmente a pessoa que ficará responsável pela Al-Qaeda no Iraque"."Ayyub al-Masri é um dos mais importantes integrantes operantes da Al-Qaeda no Iraque. Nós sabemos que ele é responsável por facilitar a movimentação de combatentes estrangeiros da Síria para Bagdá. Nós sabemos que al-Masri é um terrorista desde 1982, início de seu envolvimento com a Jihad Islâmica egípcia", disse Caldwell na época.Porém, de acordo com Ismail, uma fonte da segurança do Ministério do Interior egípcio afirmou que al-Masri é, na verdade, o nome de guerra de um militante egípcio chamado Sharif Haza.Ismail, que já foi um ativista islâmico e colega do vice de Osama Bin Laden, Ayman al-Zawahri, disse que a afirmação americana não pode ser verdadeira.Desinformação"Três dias atrás, eu estava na prisão de Turah", informou Ismail. "Ali eu me encontrei com Sharif Haza e ele riu muito sobre o que está sendo dito sobre ele.""Ele me disse que está preso há muitos anos e que não tem nenhuma relação com a Al-Qaeda ou com Osama Bin Laden." Segundo Ismail, Haza está preso há sete anos, acusado de terrorismo.A questão da identidade do sucessor de Zarqawi deu outra reviravolta há alguns dias, quando Osama Bin Laden disse numa gravação de áudio que um homem chamado Abu Hamza al-Muhajir seria o novo líder da Al-Qaeda no Iraque.Ismail disse que ninguém ouviu falar em al-Muhajir e que os nomes divulgados pelos americanos e por Bin Laden provavelmente fazem parte de uma campanha de desinformação dos dois lados, cujo único propósito é confundir um ao outro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.