Novo número dois do Vaticano tem alta hospitalar

O novo número dois do Vaticano, o monsenhor Pietro Parolin, recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira depois de mais de dez dias de internação. O Vaticano não entrou em detalhes sobre o problema de saúde de Parolin, recém-nomeado pelo papa Francisco para o cargo de secretário de Estado da Santa Sé.

AE, Agência Estado

25 de outubro de 2013 | 19h25

O Vaticano limitou-se a informar que o monsenhor passou por uma cirurgia inesperada na região do fígado. A internação impediu o monsenhor de participar, no último dia 15 de outubro, de sua própria cerimônia de posse como secretário de Estado.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, conversou com Parolin nesta sexta-feira. Ele disse que a cirurgia correu bem, que o monsenhor tiraria um tempo para se recuperar em casa, na região de Veneto, e que em breve assumiria suas responsabilidades em Roma.

Parolin vai substituir o cardeal Tarcísio Bertone, responsabilizado por muitos pelos problemas administrativos do Vaticano durante o papado de Bento XVI. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
VaticanoParolin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.