Novo plano dos EUA para o Iraque ignora proposta da ONU

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, disse que a nova proposta de resolução dos EUA sobre o Iraque ignora sua recomendação para que o poder seja transferido rapidamente para um governo nacional interino. Uma mudança rápida facilitaria o trabalho na ONU no Iraque e o envio de tropas e dinheiro por outros países, sem a interferência das autoridades responsáveis pela ocupação.A resolução revisada endossa uma transferência paulatina de autoridade para a administração provisória do Iraque, mas não fixa um cronograma para a passagem de soberania, e deixa a coalizão encabeçada pelos EUA no controle do país até que ocorram eleições. ?Esta obviamente não é a direção que havíamos recomendado, mas ainda temos que estudar o assunto?, disse Annan a jornalistas.A nova proposta americana reforça a posição da ONU no Iraque, autorizando as Nações Unidas a ajudar o Conselho de Governo nomeado pelos EUA a elaborar uma Constituição para o país e organizar eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.