Louisa Gouliamaki / AFP
Louisa Gouliamaki / AFP

Novo premiê conservador da Grécia, Kyriakos Mitsotakis toma posse após vitória em eleição

‘Hoje iniciamos o trabalho duro. Eu tenho absoluta confiança em nossas habilidades de ascender à ocasião’, disse o político durante cerimônia no palácio presidencial em Atenas

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2019 | 13h06

ATENAS - O político conservador Kyriakos Mitsotakis tomou posse como primeiro-ministro da Grécia nesta segunda-feira, 8, após vencer as eleições com uma campanha baseada em criar empregos e atrair investimentos ao país atingido pela crise.

O partido Nova Democracia, de Mitsotakis, obteve 158 dos 300 assentos disponíveis. As promessas de maiores investimentos, mais empregos e menos impostos conquistaram os gregos, desgastados pelos anos de austeridade prescrita pela União Europeia (UE) e pelo índice de desemprego mais alto da zona do euro.

“Hoje iniciamos o trabalho duro. Eu tenho absoluta confiança em nossas habilidades de ascender à ocasião”, disse Mitsotakis após tomar posse em uma cerimônia liderada pelo clero grego ortodoxo no palácio presidencial em Atenas.

Depois, ele foi recebido pelo ex-primeiro-ministro Alexis Tsipras, político de esquerda que desvinculou o país dos empréstimos, mas foi responsabilizado por fracassar nas negociações com os credores e sobrecarregar a nação com mais dívidas depois que assumiu em 2015.

“Forte mandato para grandes mudanças”, disse o jornal conservador Kathimerini em sua primeira página. No entanto, o primeiro grande teste de Mitsotakis deve vir de fora da Grécia.

As tensões entre Turquia e Chipre sobre reservas de energia offshore estão aumentando. A Grécia é o aliado mais próximo do governo cipriota grego reconhecido internacionalmente, ao passo que há diferenças com a Turquia em relação aos direitos do espaço aéreo sobre o Mar Egeu.

Nos últimos anos, o Chipre descobriu gás natural offshore, mas sua jurisdição foi desafiada pela Turquia, que apoia um Estado separatista no norte da ilha.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, foi o primeiro líder estrangeiro a dar os parabéns a Mitsotakis na noite de domingo, segundo assessores do líder grego. Nesta segunda, o Ministério das Relações Exteriores da Turquia disse esperar que as relações bilaterais possam ser reforçadas sob a administração de Mitsotakis.

“Para isso, queremos revitalizar rapidamente os canais de diálogo existentes e iniciar nossos contatos o mais rápido possível para abordar questões em nossa agenda”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hami Aksoy. / Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.