Novo premier do Haiti é confirmado pelo Parlamento

O Parlamento do Haiti confirmou, em votação ontem, Jean-Max Bellerive como novo primeiro-ministro do país, convertendo-o na sexta pessoa no cargo desde 2004 - a rotatividade é mais um sinal da instabilidade política na nação caribenha. Na Câmara dos Deputados, houve 70 votos a favor e 2 contra o nome dele, com duas abstenções. Na sessão, Bellerive disse que pretende buscar o apoio de investidores para ajudar a tirar o país da miséria.

AE-AP, Agencia Estado

11 Novembro 2009 | 11h42

A cerimônia de posse do novo primeiro-ministro pode ocorrer hoje. Ele será a segunda autoridade mais importante do Haiti, atrás apenas do presidente René Préval. As credenciais de Bellerive já haviam sido aprovadas nas duas Casas do Legislativo. Na segunda-feira, o Senado aprovou o gabinete e o plano de governo.

Bellerive foi nomeado pelo presidente após o Senado destituir Michele Pierre-Louis, em 30 de outubro. A primeira-ministra foi afastada após um ano no cargo, sob justificativa de que não conseguiu reduzir a pobreza no Haiti e ajudar o país a se recuperar das tormentas do ano passado, que mataram centenas de pessoas e causaram prejuízos de bilhões de dólares.

Na sessão com os parlamentares, Bellerive defendeu os esforços da administração anterior para construir estradas, ampliar o fornecimento de eletricidade e atrair investimentos. Ele prometeu continuar seu trabalho realizado como ministro de Planejamento e Cooperação Externa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.