Novo presidente do Irã adverte Egito contra repressão

O novo presidente do Irã, Hasan Rouhani, conclamou o exército do Egito a parar com a repressão dos manifestantes que exigem a restauração da democracia e o retorno do presidente Mohammed Morsi, deposto em um golpe militar há pouco mais de um mês.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2013 | 12h29

"Digo às Forças Armadas do Egito que os egípcios são uma grande nação em busca de liberdade. Não os reprimam", declarou Rouhani em discurso no Parlamento iraniano. Ele criticou o que qualificou como "brutalidade" do exército.

Mais de 500 pessoas morreram de ontem para hoje, depois que a polícia egípcia tentou desmantelar dois acampamentos de manifestantes contrários à deposição de Morsi. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãEgitoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.