Novo presidente do Paraguai promete combater contrabando

O novo presidente do Paraguai, Nicanor Duarte Frutos, declarou em seu discurso de posse que seu governo restabelecerá a legalidade no país e combaterá "duramente" o crime organizado, as máfias e os esquemas de corrupção. Duarte Frutos pronunciou o seu discurso diante de nove chefes de Estado, entre os quais o presidente Luiz Inácio da Silva, e reiterou que em sua missão espera a cooperação dos "países irmãos". Ele disse que o seu governo estabelecerá quatro objetivos estratégicos para os cinco anos de mandato. O primeiro objetivo será a recuperação da confiança das instituições e nas autoridades; o segundo, a adoção de um novo modelo econômico, com responsabilidade social, fiscal e ambiental; o terceiro, a criação de mecanismos de controle e auditoria pública para o combate à corrupção e às concessões; e o quarto e último objetivo, o combate à pobreza e à exclusão. "Este será o governo da legalidade. Não haverá concessões para ninguém", afirmou Duarte Frutos. "O crime organizado será castigado e desmantelado. A máfia não terá lugar no Paraguai. Combateremos o contrabando, a pirataria e o narcotráfico."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.