Novos ataques deixam 28 mortos no Sudão

Os abusos e atrocidades continuam na região de Darfur, apesar de o governo do Sudão ter-se declarado a favor de negociações e disposto a compartilhar com os rebeldes o poder e os recursos da região, no oeste do país. No fim de semana, 28 pessoas morreram e 91 ficaram feridas em ataques das milícias árabes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.