Novos episódios de violência no Sri Lanka deixam 13 mortos

Treze pessoas, inclusive oito civis atingidos por um salvo de morteiros, morreram em combates entre soldados cingaleses e rebeldes do Exército de Libertação dos Tigres do Tamil Eelam (LTTE) ocorridos entre o fim da noite de quinta-feira. 29, e as primeiras horas desta sexta-feira, 30, segundo informações de fontes militares e insurgentes.No leste do Sri Lanka, onde o Exército do país intensificou seus ataques contra supostas bases do LTTE, cápsulas de morteiro atingiram uma aldeia próximo do local dos combates no fim da noite de quinta-feira. Oito civis morreram no episódio, inclusive duas crianças.Num episódio separado no norte do país, uma bomba armada por rebeldes explodiu no momento da passagem de um veículo militar cingalês na manhã desta sexta-feira, matando cinco soldados do Sri Lanka e ferindo um, disse o general de brigada Prasad Samarasinghe, porta-voz do Exército cingalês. Os militares alegaram terem lançado três ataques aéreos.Ainda nesta sexta-feira, rebeldes e militares acusavam-se mutuamente pelo salvo de morteiros que provocou a morte de oito civis na noite de ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.