Novos tiroteios ocorrem na capital da Líbia

Intensos tiroteios foram registrados hoje em Trípoli, capital da Líbia, quando forças leais a Muamar Kadafi abriram fogo nas ruas da cidade, um dia depois de uma convocação do ditador para reprimir os protestos contra seu governo.

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2011 | 13h00

Apesar disso, informações que chegam do país dão conta de que a oposição tomou o controle da cidade de Misurata, onde, segundo testemunhas, o povo alçava bandeiras da monarquia - anterior ao regime de Kadafi - para comemorar. Esta seria a primeira cidade importante do oeste do país a cair nas mãos de forças contrárias ao governo. Até agora, as cidade tomadas eram principalmente no leste da Líbia.

Novos vídeos postados pela oposição líbia no Facebook mostram os manifestantes alçando a bandeira da monarquia em um edifício em Zauiya, nas proximidades de Trípoli. Outras imagens mostram amontoados de blocos de cimento e pneus incendiados para reforçar suas posições numa praça da capital. A autenticidade da imagens não pode ser confirmada de forma independente.

Em discurso feito ontem, Kadafi jurou lutar "até a última gota de sangue" e convocou seus partidários a atacar os manifestantes em defesa do regime. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaprotestostiroteiosTrípoli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.