NSA consegue acessar conteúdo de smartphones

A Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) tem condições para acessar os dados de usuário de smartphones das principais fabricantes do mundo, disse a revista semanal Der Spiegel ao citar documentos internos da agência.

AE, Agência Estado

09 de setembro de 2013 | 09h28

De acordo com a reportagem, a NSA criou grupos de trabalho para cada desenvolvedor de software e é capaz de ler as listas de contatos, mensagens de texto, notas escritas e localizar os proprietários de iPhones, Blackberrys e de usuários do sistema Android. Contudo, não há evidências nos documentos, observados pela revista, de que a NSA tem espionado de maneira pesada os usuários de smartphones.

Segundo o Der Spiegel, a empresa Blackberry disse que tem enfatizado repetidamente em público que "não há backdoors (programas que deixam os computadores ou softwares expostos a uma futura invasão) em nossa plataforma". O Google disse à revista que não tem conhecimento de tais grupos de trabalho e que não fornece qualquer acesso do governo "aos nossos sistemas". Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUAESPIONAGEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.