NSA defende tentativa de quebrar anonimato da rede Tor

A Agência Nacional de Segurança (NSA, na sigla em inglês) tentou penetrar e comprometer a criptografia da amplamente conhecida rede Tor, criada para proteger o anonimato de seus usuários, mas apenas porque terroristas e criminosos usam a rede também. Esta foi a explicação do diretor da NSA James Clapper sobre a revelação recente de ataques feitos aos Tor pela agência, juntamente com o serviço de inteligência britânico, o GCHQ, na sigla em inglês.

Agência Estado

05 de outubro de 2013 | 20h00

Clapper reconheceu, em nota colocada no blog da agência, que o interesse da NSA em "ferramentas usadas para facilitar a comunicação online anônima". Ele disse que o interesse nos serviços anônimos online se baseia no fato inegável de que "essas são ferramentas usadas por nossos adversários para se comunicar e coordenar ataques contra os Estados Unidos e seus aliados". Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAINTELIGENCIATOR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.