Número 2 da Al-Qaeda comenta em vídeo morte de Bin Laden

Zawahiri diz que o Bin Laden irá aterrorizar os EUA mesmo morto.

BBC Brasil, BBC

08 de junho de 2011 | 17h27

Em um vídeo revelado nesta quarta-feira, o homem que durante anos foi considerado o número dois rede extremista Al-Qaeda, Ayman Al-Zawahiri, comentou a morte do líder da organização, Osama Bin Laden, e prometeu continuar travando uma "Guerra Santa" contra o Ocidente.

"O homem que aterrorizou os Estados Unidos em vida o continuará fazendo depois de morto", disse o egípcio, se referindo a Bin Laden, morto em uma operação militar americana no Paquistão em maio.

"O xeque partiu para Alá como mártir, tenha Alá misericórdia dele, e nós precisamos continuar em seu caminho de Jihad para expulsar os invadores da terra dos muçulmanos e purificá-la da injustiça."

Esta foi a primeira vez que uma mensagem de Zawahiri foi divulgada depois da morte be Bin Laden.

Ele criticou os Estados Unidos por terem lançado o corpo de Bin Laden no mar e pediu para que os paquistaneses se rebelem contra o seu governo.

Zawahiri também voltou a demonstrar apoio à milícia Talebã, que atua no Paquistão e no Afeganistão, e mandou um recado ao povo líbio, dizendo que a Otan pretende substituir o regime de Muamar Khadafi por uma tirania.

Ainda não está claro quem, após a morte de Bin Laden, assumiu a liderança da Al-Qaeda.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.