Número 2 da Unita morre de diabete

O grupo guerrilheiro União Nacional pela Independência Total de Angola (Unita) confirmou nesta quarta-feira que seu número 2, o general Antonio Dembo, morreu, vítima de uma crise de diabete, encerrando semanas de especulações sobre seu paradeiro. O novo líder da Unita, Paulo Lukamba Gato, que assumiu o cargo após o assassinato de Jonas Savimbi, disse que a maioria dos comandantes do grupo chegou nesta quarta a Luanda para formalizar o cessar-fogo com o governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.