Número de americanos mortos no Iraque supera os 1000

O número de mortes de americanos envolvidos na ocupação militar do Iraque superou os 1000 nesta terça-feira, segundo contagem realizada pela Associated Press. A contagem inclui 998 soldados mortos e três civis que prestavam serviços ao Pentágono. A temida cifra de mil baixas foi alcançada com a morte de sete soldados em diferentes confrontos. Em apenas 24 horas, 15 americanos morreram no Iraque. Horas antes, numa entrevista pela manhã, o secretário da Defesa (Pentágono), Donald Rumsfeld, procurou minimizar o impacto que esse número teria sobre a opinião pública, dizendo que os mortos do "mundo civilizado" nas mãos dos terroristas há muito tempo superaram esse marco. Já o candidato democrata à Casa Branca, John Kerry, se referiu ao número como "trágico".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.