Número de britânicos desempregados sobe em março

O número de britânicos desempregados subiu pelo terceiro mês consecutivo em março, ao mesmo tempo em que os ganhos regulares médios cresceram sob a taxa mais fraca já registrada.

AE, Agência Estado

15 de maio de 2013 | 08h33

O Instituto Nacional de Estatística (ONS, na sigla em inglês) disse nesta quarta-feira que o número de britânicos sem trabalho subiu em 15 mil nos três meses até março, para um total de 2,52 milhões. A taxa de desemprego ficou em 7,8% durante o período - inferior aos 8,0% previstos por economistas.

Os dados também mostraram que as finanças dos consumidores continuam sendo pressionadas. Os ganhos regulares médios - que excluem pagamentos de bônus - cresceram apenas 0,8% nos três meses até março, a taxa de expansão mais baixa desde que os registros começaram em 2001.

Ganhos médios incluindo bônus subiram 0,4% nos três meses até março, a menor taxa desde os três meses até maio de 2009.

Em comparação, a taxa de inflação anual ficou em 2,8% em março - o que significa que o aumento dos salários dos trabalhadores não é suficiente para acompanhar o aumento dos preços.

O ONS informou também que os pedidos de auxílio-desemprego caíram 7.300 em abril para 4,5% da força de trabalho. Economistas previam uma queda de 3.000 e uma taxa de 4,6%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
REINO UNIDODESEMPREGO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.