Número de feridos por terremoto na Indonésia chega a 22

Diversas províncias do país ainda estão sem energia elétrica devido a queda de postes

Efe

08 de abril de 2010 | 04h08

A Indonésia informou nesta quinta-feira, 8, que chegou a 22 o número oficial de feridos - cinco deles em estado grave - pelo terremoto de magnitude 7,7 na escala Richter que atingiu a ilha de Sumatra na quarta, 7, disparando um alerta de tsunami.

 

A Agência Nacional de Gestão de Desastres indicou que centenas de domicílios particulares, centros de saúde, colégios, mesquitas, repartições públicas, fabricas e pontes sofreram danos de diversas gravidades em consequência do terremoto.

 

Boa parte do território das províncias de Aceh e Sumatra do Norte segue sem energia elétrica devido à queda de postes. A companhia elétrica estatal PLN ainda vai demorar vários dias para restabelecer a ligação.

 

O abalo aconteceu de madrugada junto à costa de Aceh, no extremo noroeste da ilha de Sumatra, a cerca de 31 quilômetros de profundidade. Por sua magnitude e situação, o Centro de Alertas de Tsunamis do Pacífico, no Havaí, lançou um alerta para a Indonésia, mas o cancelou uma hora depois.

 

O arquipélago indonésio está sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica atingida por cerca de 7 mil tremores por ano, a maioria de intensidade moderada.

 

Um forte terremoto em dezembro de 2004 formou um tsunami que causou a morte de aproximadamente 230 mil pessoas em vários países do Índico, entre eles Indonésia.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiatsunamiterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.