Número de fumantes bate recorde de queda no Japão

A taxa de adultos japoneses que fumam caiu pelo oitavo ano consecutivo, a um nível recorde, mostrando que mais japoneses estão preocupados com o risco da nicotina e também procuram gastar menos com cigarros, diante de um quadro de recessão prolongada.A Japan Tobacco Inc. anunciou, hoje, que 30,3% dos 10.790 adultos que respondem a uma pesquisa nacional anual, identificaram-se como fumantes, 0,6 ponto percentual menos que no ano passado.A taxa entre homens foi de 48,3%, 0,8 ponto percentual menos, enquanto a de mulheres caiu 0,4 ponto percentual, baixando para 13,6%. O maior número de fumantes ainda se concentra na faixa dos 30 anos ? 59,9% dos homens e 20,9% das mulheres.Fumantes homens consomem uma média de 22,9 cigarros por dia, com uma redução de meio cigarro do ano passado para este. As mulheres fumam 17,2%, também meio cigarro menos por dia.O número de fumantes é o menor desde que a empresa começou a pesquisa, em 1965. O consumo chegou ao máximo no ano seguinte, quando 49,4% dos adultos assumiram ter o hábito. Não foi informada a margem de erro da pesquisa.A empresa atribui a queda no hábito de fumar à crescente preocupação com os males do fumo e à recessão persistente no Japão, que tem reduzido a renda per capita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.