Número de mortes por chuvas no Vietnã sobe para 120

Governo estima que cerca de 800 casas foram destruídas pela passagem do tufão Kammuri

Efe,

13 de agosto de 2008 | 06h51

As autoridades vietnamitas elevaram nesta quarta-feira, 13, para 120 o número de mortes causadas pelas inundações e deslizamentos de terra no Vietnã, onde mil turistas foram evacuados. As fortes chuvas, as piores do país nas últimas quatro décadas, inundam algumas áreas, depois que a tempestade tropical Kammuri entrou pelo norte do país. As equipes de resgate continuam encontrando cadáveres nas zonas alagadas e de difícil acesso, sete dias depois da chegada da tempestade. O governo estima que cerca de 800 casas foram destruídas à passagem de Kammuri e que outras 17.900 ficaram danificadas. Além disso, mais de 15 mil hectares de arrozais foram arrasados, arruinando a próxima colheita. Pelo menos mil turistas estrangeiros foram evacuados da província de Lao Cai, ao noroeste do país e que faz fronteira com o norte da China. As autoridades vietnamitas puseram à disposição dos turistas um serviço de helicópteros para retornar a Hanói. A passagem custa US$ 750 por pessoa.

Tudo o que sabemos sobre:
tufãotempestade tropicalVietnã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.