Número de mortos em ataque chega a 5

Aumentou ontem para cinco o número de mortos em um atentado lançado na sexta-feira em um bairro cristão de Beirute. A explosão do carro-bomba, que também deixou 42 feridos, matou a principal autoridade antiterrorista do país, Wisam Eid, de 31 anos, que era responsável pela investigação de vários atentados anteriores ocorridos no país. Eid já havia escapado de outras três tentativas de assassinato. Acusado de financiar o ataque, o governo sírio negou envolvimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.