Reuters
Reuters

Número de mortos em avalanche no Nepal sobe para 27

Cerca de 70 pessoas estão desaparecidas, informou a Associação de Agências de Caminhadas do país

O Estado de S. Paulo

16 de outubro de 2014 | 11h17

KATMANDU - O número de mortos nas nevascas e avalanches na Cordilheira do Himalaia, no Nepal, subiu para 27 nesta quinta-feira, 16, informou a Associação de Agências de Caminhadas do país. A trilha onde ocorreu a avalanche é muito frequentada por mochileiros. Cerca de 70 pessoas estão desaparecidas.

A trilha, que se chama Annapurna, fica 160 quilômetros ao norte da capital do Nepal, Katmandu, e estava cheia de turistas internacionais no momento da tragédia. O mês de outubro costuma atrair muitas pessoas, pois é uma época do ano em que o ar geralmente está limpo. 

Os acidentes fatais no Himalaia são relativamente comuns. Dois montanhistas, um alemão e outro italiano, morreram em setembro quando foram atingidos por uma avalanche enquanto participavam de uma expedição que escalava o Monte Shishapangma (8.013 metros), a 14.ª montanha mais alta do mundo, na Cordilheira do Himalaia.

Em abril, 12 sherpas nepaleses morreram e outros três ficaram gravemente feridos depois que foram arrastados por um desmoronamento quando se dirigiam a um dos acampamentos base do monte Everest./ AP

Tudo o que sabemos sobre:
Nepalavalanchenevasca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.