Número de mortos em explosão na Nigéria sobe para 75

O número de mortos na explosão de um terminal rodoviário na capital da Nigéria, Abuja, subiu para 75 nesta terça-feira e a expectativa é de que suba ainda mais.

AE, Agência Estado

15 de abril de 2014 | 16h56

Nenhum grupo assumiu ainda a autoria do ataque, que ocorreu na manhã de ontem, embora o presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, culpe terroristas islâmicos pelo atentado.

Em visita ao hospital que atende as vítimas, o ministro da Saúde, Onyebuchi Chukwu, informou que o número de feridos no ataque é de 141, e não de 164 como inicialmente divulgado.

A explosão, que ocorreu a poucos quilômetros da sede do governo do país, coloca em xeque a capacidade da Nigéria de conter uma revolta islâmica que já dura cinco anos e custou a vida de 1.500 pessoas.

"Os bombardeios levantam as dúvidas de que o governo não esteja conseguindo conte a crise no país", disse o ex-vice-presidente Atiku Abubakar. "É tempo para a Nigéria aceitar a ajuda externa para combater o terrorismo no país", embora ele não esclareça qual o tipo de assistência que deveria ser recebido. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériaexplosãomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.