Número de mortos em naufrágio na Sumatra sobe para 29

Embarcação navegava no mar agitado da costa da ilha de Indonésia; superlotação colaborou com o acidente

Agência Estado,

22 Novembro 2009 | 07h20

Imagem de TV da Indonésia mostra dois sobreviventes do naufrágio na costa da ilha de Sumatra

 

JACARTA - 29 pessoas morreram e outras 240 foram resgatadas com vida após o naufrágio de um barco em águas agitadas na costa da ilha de Sumatra, na Indonésia, neste domingo, 22, segundo informações das autoridades locais. 17 pessoas ainda estão desaparecidas.

 

Basirun disse que as buscas continuavam apesar da chuva e das fortes ondas e que o total de mortos poderia ser maior. O número real de passageiros a bordo do navio é desconhecido e supõe-se que muitos ainda estão desaparecidos. "Tememos que o número de mortos vá subir. Ainda estamos no processo de busca e resgate", disse à AFP.

 

Mais cedo, o diretor-geral de transportes marítimos, Sunaryo, disse que 292 pessoas haviam sido resgatadas com vida e quatro mortos, mas o chefe de Karimun disse que esta informação era incorreta.

Já a Associate Press cita que mais de 230 pessoas foram resgatadas do barco, com pelo menos 15 mortos, incluindo duas crianças. A AP credita a informação ao chefe da polícia local, Yasin Kosasih. Segundo a AP, as operações de busca foram suspensas após o anoitecer.

 

O Dumai Express, uma embarcação de 147 toneladas, viajava da ilha Batam para Pekanbaru quando naufragou em alto mar. O barco tinha capacidade de 273 passageiros e as autoridades estão investigando se uma suposta superlotação contribuiu para o acidente.

 

(Atualizada às 11h45)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.