Número de mortos em terremoto na China sobe para 51.151

Outras 29.328 pessoas seguem desaparecidas e 288.431 estão feridas; país já arrecadou US$ 3 bilhões em ajuda

Agências internacionais,

22 de maio de 2008 | 07h51

O número de mortos no terremoto de 7,9 graus na escala Richter registrado na segunda-feira passada na província chinesa de Sichuan subiu para 51.151, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Escritório de Informação do Conselho de Estado. O balanço inclui a morte de 9.800 pessoas, em relação aos números fornecidos na quarta-feira. Outras 29.328 vítimas seguem desaparecidas e 288.431 estão feridas.    Veja também: Mapa da destruição na China  Entenda como acontecem os terremotos  Especial: antes de depois da tragédia Vídeo com imagens do terremoto    Nenhum resgate de sobreviventres dos escombros foi informado nas últimas 24 horas. O desastre deixou cerca de 5 milhões de desabrigados. O Centro de Sismologia das China informou também que 167 tremores secundários foram registradas desde o tremor principal, o pior em três décadas no país. Destes abalos, quatro superaram 6 graus e outros 26 mediram entre 5 e 5,9 graus na escala Richter.   A China arrecadou até agora um pouco mais de US$ 3 bilhões em doações dentro e fora do país. Segundo o governo, US$ 273 milhões já foram enviados à área afetada.   (Matéria ampliada às 9h16)  

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaTerremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.