Número de mortos em terremoto no Irã chega a 25

O número de mortos no terremoto que atingiu o norte do Irã na sexta-feira chega a 25, de acordo com o último balanço de autoridades locais. Já foram notificados 150 feridos no tremor, que atingiu a região próxima ao Mar Cáspio. Sismógrafos estimaram que o terremoto chegou a 6,2 graus na escala Richter e superou os cálculos iniciais de 5,5 graus. Durante a madrugada deste sábado, equipes de resgate tentaram chegar a um trecho de 15 quilômetros de uma das principais estradas entre a capital, Teerã, e o Mar Cáspio, perto das irregulares montanhas de El Borra. Diversos deslizamentos de pedras causados pelo terremoto atingiram a estrada e, de acordo com o governador local, pelo menos 60 veículos foram soterrados. Isolados Jim Muir, correspondente da BBC em Teerã, diz que o total de vítimas deve aumentar nas próximas horas, na medida em que chegarem informações de vilarejos remotos que foram isolados pela queda de rochas nas estradas. O governador da província de Qazvin disse que 80 vilarejos foram atingidos na região. Integrantes do governo afirmam que 16 pessoas morreram e 70 ficaram feridas na estrada que liga Teerã ao Mar Cáspio. Equipes de resgate tentam retirar pessoas que ficaram presas em automóveis atingidas pela queda de rochas das montanhas que ladeiam a estrada. O terremoto chegou a ser sentido em Teerã, sacudindo edifícios, quebrando janelas e levando pessoas para as ruas. Algumas áreas da capital também foram afetadas pelo tremor, que provocou cortes de energia elétrica em diversas regiões da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.