Número de mortos na Argélia sobe para 685

Autoridades argelinas informaram hoje que não há mais esperança de encontrar sobreviventes das fortes chuvas que começaram na sexta-feira passada e que continuam castigando o país. Segundo o ministro do Interior, Nourredine Yazid, o número de mortos subiu para 585, com cerca de 250 pessoas ainda desaparecidas.Trabalhadores de grupos de resgate continuam à procura de corpos sob a lama que se acumulou em várias ruas de Argel. Muitas pessoas compareceram hoje ao cemitério de El Alia, no subúrbio da capital, para identificar, entre dois necrotérios provisórios - um para as mulheres e outro para os homens -, parentes e amigos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.