Número de mortos na Ásia já chega a quase 4 mil

O terremoto que atingiu a ilha indonésia de Sumatra neste domingo provocou maremotos em vários países da Ásia, deixando cerca de 4 mil mortos e milhares de desaparecidos. O terremoto, cujo epicentro foi verificado a 250 km da costa sudeste de Banda Aceh e 320 km ao oeste de Medan, atingiu 8,9 graus na escala Richter, de acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos. Trata-se do mais forte terremoto registrado no mundo desde o terremoto do Chile em 1960, que atingiu 9,5 graus na escala, e de uma seqüência de tremores no Alasca, também nos anos 60, que chegaram a 9,2.As informações iniciais dão conta de que Sri Lanka foi o local mais atingido, onde o número de mortos pode chegar a 1.677. Autoridades no porto de Trincomalee disseram que cerca de três mil pessoas tiveram de deixar suas casas, com seis vilarejos destruídos.Na Índia, pelo menos 1.130 pessoas morreram também em conseqüência de grandes ondas que atingiram parte da costa sul do país. Centenas de pescadores estão desaparecidos. Na Tailândia, pelo menos 158 pessoas morreram, entre eles turistas que foram levados por ondas que atingiram Phuket e outros locais turísticos na costa do país. O primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, ordenou a evacuação de áreas baixas. Há relatos de sérios estragos nas Maldivas, onde a capital Male foi inundada.Na Indonésia, o número de mortos chega a 408. A ilha de Sumatra, no oeste da Indonésia, que está perto do local onde o maior terremoto teve o seu epicentro. Mais de quarenta pessoas morreram somente em uma região da província de Aceh. Várias casas nas cidades de Banda Aceh e Lhokseumawe teriam sido atingidas por enchentes. Algumas foram levadas pela água. A Malásia também foi atingida e o número de mortos é de 25. Tremores também foram sentidos nas ilhas Andaman, em Bangladesh e no leste da Índia.Países atingidosSri Lanka - Ondas gigantes devastaram vilarejos costeiros. Mais de2.150 mortos e 1 milhão de desabrigados.Índia - Ondas deixaram ao longo de praias no sul do país um rastrode destruição: cadáveres, barcos, árvores e automóveis destruídos. 1.130mortos.Indonésia - Ondas arrasaram vilarejos. Corpos foram encontrados naspraias e até pendurados em árvores. Província de Aceh, na ilha de Sumatra,epicentro do tremor, foi a mais atingida. 408 mortos.Tailândia - 168 mortos e um número não determinado de desaparecidos,muitos deles em ilhas tradicionalmente procuradas por turistas.Malásia - Milhares de turistas tiveram de evacuar temporariamente oshotéis. 28 mortos, incluindo um número não determinado de turistas.Bangladesh - 2 mortos. Eram crianças a bordo de um barco turístico,que naufragou.Maldivas - Inundação fechou o aeroporto do atol, tradicional destino turístico

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.