AFP PHOTO / Brendan Smialowski
AFP PHOTO / Brendan Smialowski

Número de mortos nas inundações em Louisiana sobe para 11

Cerca de 8 mil pessoas ainda estão em refúgios e outras 20 mil foram resgatadas; grandes extensões de terra permanecem debaixo d’água e 40 mil imóveis estão inundados

O Estado de S.Paulo

17 Agosto 2016 | 11h44

WASHINGTON - O governo da Louisiana, nos Estados Unidos, elevou para 11 nesta quarta-feira, 17, o número de mortos em razão das inundações que castigam a região desde o fim de semana, quando 20 mil pessoas foram resgatadas.

Segundo o centro meteorológico da região do Rio Mississipi, as inundações aconteceram após dois dias de chuva intensa em uma área pantanosa e em alguns pontos abaixo do nível do mar, em "um fato que ocorre há cada 100 anos".

A área mais afetada foi Baton Rouge, com cinco mortes, enquanto na Paróquia de Tangipahoa se registraram três, sendo duas na de St. Helena e a restante na de Rapides, de acordo com números do Departamento de Saúde de Louisiana.

O governador John Bel Edwards explicou em entrevista coletiva que 8 mil pessoas seguem em refúgios e que outras 20 mil foram resgatadas: "Isto ainda não terminou. Há pessoas que deviam ter saído do local e não fizeram, portanto as estamos recuperando".

Veja abaixo: Um resgate impressionante nos EUA

Grandes extensões de terra ainda estão debaixo d’água e outros 40 mil imóveis estão inundados. A situação lembra o desastre do furacão Katrina em 2005, que deixou cerca de 2 mil mortos.

Além disso, aproximadamente 60 mil pessoas se inscreveram como desabrigados das inundações para receber ajuda do governo federal, que declarou estado de emergência em aproximadamente 30 paróquias (divisões equivalentes aos condados). / EFE

Mais conteúdo sobre:
Estados Unidos Chuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.