Número de mortos nos EUA já alcança 595

Com os 159 corpos encontrados até agora em Nova York, dos quais 92 foram identificados, os 188 falecimentos confirmados no atentado ao Pentágono, e os 248 que pereceram nos aviões utilizados nos ataques, dentre passageiros e tripulantes, o total de vítimas dos atentados nos EUA já alcança 595.O número de pessoas desaparecidas cresceu muito desde a última sexta-feira, e agora é de 4.972. O crescimento decorreu do aumento de parentes reclamando às autoridades o desaparecimento de entes queridos - cerca de 1.200 pedidos de busca foram preenchidos nos postos da polícia. Desde terça-feira, só foram encontrados cinco sobreviventes e mais de 400 membros de cadáveres. Nova York viveu este sábado mais um dia frustrante de buscas nos destroços do World Trade Center (WTC), o terceiro. Apesar da retirada de destroços estar sendo feita até mesmo tijolo por tijolo, nenhum sobrevivente foi encontrado hoje. No local onde ficava o WTC, as histórias tristes da busca começam a surgir. Os bombeiros estão esgotados pela tarefa inglória que têm de cumprir e muitos perderam companheiros durante os trabalhos. Um capelão bastante querido na corporação, o Reverendo Michael Judge - conhecido como Padre Mike - foi uma das baixas mais sentidas. Ele faleceu ao dar a extrema-unção a um bombeiro que havia sido atingido por um corpo que caiu dos destroços. Ao remover o capacete para rezar, o Padre foi atingido por um destroço na cabeça e morreu na hora.No sul da ilha de Manhattan, centenas de antigos residentes na área isolada puderam adentrar a área, para buscar pertences em seus apartamentos. Acompanhados de policiais, cada morador teve permissão para permanecer em sua casa durante cinco minutos. Enquanto isso, uma tímida tentativa de volta à normalidade ocorreu a algumas quadras de distância. A Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês) testou com sucesso hoje seu computador e sistemas de comunicação, e se declarou pronta para reassumir o expediente a partir de segunda-feira. A Nasdaq e Bolsa de Valores Americana que, como a NYSE, estão fechadas desde a fatídica terça-feira, também planejam reabrir na próxima segunda. Mas, com as ruas cobertas por cinzas e fornecimento de energia apenas esporádico, a certeza é de que não será uma dia - ou semana - normal de negócios.O governador do Estado de Nova York, George Pataki, anunciou este sábado que o Estado irá lançar um Fundo para ajudar na assistência das famílias das vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.