Número de mortos pelos atentados de Madri sobe para 191

O número oficial de mortos pelos atentados de 11 de março contra Madri aumentou para 191 depois que o Ministério de Interior da Espanha acrescentou a morte de um bebê cuja mãe ficou ferida e estava grávida na época. O bebê morreu em 10 de maio, dois dias depois de seu nascimento. Segundo a família, ele faleceu por causa dos ferimentos sofridos por sua mãe. Ontem, o ministério aceitou registrar oficialmente esse falecimento, permitindo à família solicitar benefícios compensatórios, disse um porta-voz ministerial à Associated Press. Além disso, a cifra de feridos foi rebaixada para em torno de 1.600. Estimativas anteriores davam conta de mais de 2.000 feridos.

Agencia Estado,

22 de julho de 2004 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.