Mohamed Azakir/Reuters
Mohamed Azakir/Reuters

Número de refugiados sírios no Egito chegou a 150 mil, diz ONU

Países de fronteira com a Síria (Turquia, Líbano, Iraque e Jordânia) estão 'atingindo o ponto de saturação'

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2012 | 11h40

CAIRO - O Alto Comissariado da ONU para refugiados disse nesta quinta-feira, 18, que o número de sírios que deixaram seu país e foram para o Egito passou de 150 mil, aumento significativo em relação ao mês passado, quando foram contabilizadas 95 mil pessoas. O diretor da agência no Egito, Mohamed Dayri, pediu que autoridades egípcias ajudem com a "crescente emergência".

Veja também:

tabela ESPECIAL: Primavera Árabe

tabela ESPECIAL: Refugiados

A situação indica que os países que têm fronteira com a Síria (Turquia, Líbano, Iraque e Jordânia) estão "atingindo o ponto de saturação", afirmou um oficial da ONU. Com isso, o fluxo estaria se redirecionando para o Egito, onde o custo de vida é menor. O Egito não faz fronteira com a Síria, mas o governo permite que sírios entrem no país sem passaporte.

Segundo estimativa divulgada na semana passada, mais de 340 mil pessoas fugiram da Síria até agora. A ONU prevê que no final do ano o total de refugiados chegará a 710 mil.

Com AP

Tudo o que sabemos sobre:
Primavera ÁrabeRefugiadosSíriaEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.