Jonathon Burch/Reuters
Jonathon Burch/Reuters

Número de sírios refugiados na Turquia ultrapassa 30 mil

Segundo o Ministério de Relações Exteriores, 400 pessoas cruzaram a fronteira na quinta-feira

AE, Agência Estado

15 de junho de 2012 | 14h57

ANCARA - O número de refugiados sírios registrados na Turquia superou 30 mil, disse nesta sexta-feira, 15, a chancelaria turca à agência France Presse (AFP). "Mais de 400 sírios cruzaram a fronteira e entraram na Turquia na quinta-feira, elevando o número total de refugiados a 30.800", informou um funcionário do Ministério das Relações Exteriores, que falou sob anonimato.

Veja também:

 linkForças sírias cometem abusos sexuais, diz Human Rights Watch

 linkMonitores da ONU encontram aldeia síria vazia e destruída

Os refugiados são acomodados em tendas do Crescente Vermelho turco nas províncias sulistas de Gaziantep, Hatay, Sanliurfa e Kilis, ao longo da fronteira síria. O fluxo de refugiados continua à medida que prossegue o violento conflito civil sírio, particularmente nos vilarejos e cidades da fronteira noroeste.

O presidente da Turquia, Abdullah Gul, disse hoje que "infelizmente, a situação continua a pior na Síria", ao acrescentar que o plano de paz proposto pelo mediador internacional Kofi Annan parece ter sido abandonado pelo governo de Damasco.

O governo da Turquia acusou repetidas vezes o presidente sírio Bashar Assad de usar o plano de Annan para ganhar tempo. Grupos de ativistas sírios dizem que o número de pessoas mortas desde que a revolta contra Assad estourou, em março de 2011, ultrapassou 14.400. Nesta semana o chefe da missão de paz da ONU, Hervé Ladsous, disse que a Síria está em guerra civil. A Turquia, que na década passada foi aliada ao regime de Assad, rompeu com o governo sírio após o começo da repressão à revolta em março passado.

As informações são da Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.